20150116

҉҉-



As folhas caem
acumulam-se umas sobre as outras
a chuva bate na chuva
Kyôshi(1732-1793)

҉ϕ  
 
À entrada do Templo Mii
o som do sino
fica preso no ar gelado
Issa (1762-1826)



20150115

.



"Deixei-me ferir por essa imagem. A dor alastra na garganta como o nevoeiro subindo a serra numa manhã de outubro. Talvez fosse essa a sua função: ferir para deixar uma cicatriz na pele, para o futuro."

Ruy Ventura, Sete Capítulos Do Mundo, 2003

20150110

"A Luz de Creta"




“ «Fundamentalmente, sou uma matéria de luz». Fulgurante visão de si e do mundo grego, esta que George Seferis concentrou em palavras precisas, medidas, mas ressoantes de sentido. Como poderei eu prosseguir ainda, explorando um veio que seja desta mineração cega, em demanda dessa outra matéria incandescente, por redutos ínvios, tacteando, captando cada eco discreto desse infinito sentido, que o poeta cristalizou numa pepita? Tal há-de ser o trabalho lento, tenaz, apuradamente recomeçado, sobre esta matéria a esboroar-se em luz.”

José Augusto Seabra, A Luz de Creta, Edições Cosmos,2000